Os cães podem ter vários problemas comportamentais diferentes, desde agressão a ansiedade de separação. Assim como os seres humanos, os caninos geralmente sofrem do stress diário que pode levar a faze-los agir com toleira e sem controle! 

Embora os humanos disponham de raciocínio para tentar controlar o stress, os cães, por serem irracionais não conseguem discernir o que pode ajuda-los. Assim, tem que ser os donos a encontrar métodos para ajudar os pets a lidar com o stress. 

Aqui tem 10 formas de ajudar a eliminar o stress no seu cão: 

  1. Fazer exercícios regulares e diários: caminhar, brincar, ir ao parque de cães, nadar em qualquer forma de actividade física não apenas reduzirá o nível de stress diário do seu cão, mas também o ajudará a viver uma vida mais longa e saudável; 

  1. O estímulo mental: é tão eficaz quanto o exercício físico e os dois também podem ser combinados. Pense nos diferentes tipos de brinquedos disponíveis que incentivam um cão a trabalhar por um petisco ou recompensa. 

  1. Treinar em caixas de transporte ou em casotas para cães: esta é uma óptima pratica, especialmente quando se trata de transportar com segurança o seu animal de estimação, mas também fornece-lhes um porto seguro. Assim como um esconderijo para lobos em estado selvagem, esse espaço para cães faz com que se sintam confortáveis no seu próprio espaço em casa; 

  1. Dogya (pratica de yoga com cães): esta é uma pratica, relativamente recente, mas muito popular já em muitos países. Quando nós, humanos, convidamos os nossos cães a unirem a essa prática antiga, poses calmantes combinadas com técnicas suaves de massagem e alongamento, fazem maravilhas para os mestres e seus amigos de quatro patas; 

  1. Cobertores de segurança, guloseimas especializadas e brinquedos pessoais: proporcionam conforto para animais de estimação stressados. Tente usar objectos que já contenham o perfume do dono, talvez uma toalha ou cobertor, o que fará com que os cães se sintam ainda mais seguros; 

  1. Música clássica ou algum ruído calmante de fundo: enquanto estamos fora de casa, esses tons relaxantes podem proporcionar conforto durante a nossa ausência. Alguns donos de animais simplesmente deixam a televisão ligada para alguma companhia do animal, enquanto estão fora de casa; 

  1. Atitude é tudo: se o seu cão ficar stressado ou ansioso, mantenha a calma. Os cães percebem as nossas emoções e, se ficarmos chateados com eles, eles simplesmente continuarão o comportamento. Além disso, evite a tentação de lhe dar guloseima ou comida para acalma-lo no momento do stress, porque rapidamente associam o comportamento de estar “assustado” com uma recompensa de algum tipo; 

  1. Dessensibilizar o cão ao gatilho do stress: em alguns casos, é possível ajudar o cão a deixar de sentir stress. Por exemplo, se o seu cão reage negativamente a outros caninos, seria bom começar por colocá-lo junto de outros cães menores e menos intimidadores, especialmente fêmeas menos ameaçadoras, num ambiente seguro e controlado por si; 

  1. Colocar um cobertor no seu cão e ficar com ele ao colo: o tempo que vai ficar com ele assim terá resultados muito positivos no futuro. Para o seu pet, saber que o dono está com ele, numa determinada hora especifica do dia, é tremendamente reconfortante e pode reduzir o stress em geral; 

  1. Não dê sinal que chegou nem que vai sair: quando saímos de casa e nos despedimos do nosso cão estamos a criar stress e ansiedade nele. O melhor é sair sem despedir-se, nem fazer “festas”. E o mesmo quando estamos a chegar a casa. O ideal é desvalorizar a situação e agir normalmente. Desse modo o cão vai ficar calmo e relaxado.