Cão Serra da Estrela - O Cão Montanhista

A raça de cães Serra da Estrela é também conhecido como cão da montanha Português. Por norma, tem reações muito vivas e um aspeto imponente. Possui um olhar vivo, calmo e expressivo. Dissuador de estranhos devido ao seu comportamento firme e mesmo ameaçador, no entanto é de uma docilidade espantosa com o dono. 

Companheiro inseparável do pastor e guardião fiel do rebanho que defende encarniçadamente contra lobos e ladrões de gado. Excelente guarda de quintas e propriedades, é também utilizado para a defesa pessoal e mesmo como cão de tração.

Uma Raça Antiga

Desde épocas remotas, este cão desenvolveu-se e fixou-se na região da Serra da Estrela. Deve ser, sem dúvida, uma das raças mais antigas da Península Ibérica, cuja verdadeira origem se perde na noite dos tempos.

Compacto e Rústico

O cão Serra da Estrela é um cão molossóide, tipo mastim (grande cão de guarda de cabeça larga, de corpo muito robusto e músculos espessos). Bem proporcionado, morfologicamente perfeito, compacto e rústico, evidencia um conjunto harmonioso que denota a sua pureza étnica enraizada no passado. 

O cão Serra da Estrela em algumas linhas:

Cabeça - forte, volumosa, alongada e ligeiramente convexa;

Orelhas - proporcionalmente pequenas, finas, triangulares, pendentes com pontas arredondadas;

Corpo - dorso quase horizontal, preferencialmente curto. Rim largo, curto, bastante musculado e bem unido à garupa levemente descendente;

Cauda - inteira, comprida, atingindo o nível do jarrete quando o animal se encontra de pé, tranquilo;

Pelagem - só são admitidas a pelagens das seguintes cores: fulva, lobeira ou amarela, unicolores ou raiadas;

Pelo - forte, ligeiramente grosseiro, mas não demasiado áspero, com uma textura semelhante ao pelo de cabra.

Sabia que:

Verdadeiramente montanhista de escalada, o Serra de Estrela cão encontra-se desde as imediações das faldas da Serra até às altitudes mais elevadas (cerca de 2000 metros), sobretudo no Verão, depois de desaparecer a neve, quando as pastagens dos planaltos de altura se encontram verdejantes e são procuradas pelos rebanhos, uma vez que nas regiões do sopé a vegetação fica seca devido ao calor excessivo.

Os cães acompanham os rebanhos como guardiães vigilantes, defendendo-os contra os predadores que infestam essas paragens.

Produto adicionado à lista de desejos

Para poder prosseguir com a utilização da nossa loja online necessitamos que aceite os nossos Termos e Condições e a nossa Politica de Cookies.